24 julho 2007

Destino

Destiny - pintado por Waterhouse, em 1900.

"Sou uma céptica que crê em tudo, uma desiludida cheia de ilusões, uma revoltada que aceita, sorridente, todo o mal da vida, uma indiferente a transbordar de ternura. Diz-me, porque não nasci igual aos outros, sem dúvidas, sem desejos de impossível? E é isso que me traz sempre desvairada, incompatível com a vida que toda a gente vive. O meu mundo não é como o dos outros, quero demais, exijo demais; há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que eu nem mesma compreendo, pois estou longe de ser uma pessoa; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que não se sente bem onde está, que tem saudade… sei lá de quê!"

Florbela Espanca – Cartas a Guido Battelli

2 comentários:

Afonso d'Paula disse...

Meu Deus! estava dando uma olhada nos blogs, pesquisando sobre coisas que gosto e encontrei seu blog... Desassossego, o mesmo nome do meu e ainda mais com uma pintura do Waterhouse, meu pintor favorito...

Muito legal seu blog!

Parabéns!

Nasser de Melo disse...

Bacana, Afonso.
Pessoa e Waterhouse são fabulosos mesmo.
Volte sempre...
Abraço